mundosemuros@gmail.com

O que conhecer em Berlin (principais locais) – Alemanha

g00325181 - O que conhecer em Berlin (principais locais) - Alemanha

Eaí galera! Ficamos em torno de 1 mês e 2 semanas fazendo Workaway em Portugal e a próxima oportunidade que nos surgiu foi na Alemanha! Então, antes de virmos para Hannover, a cidade aonde iniciamos nossa segunda experiência, não poderíamos deixar de conhecer Berlin. Passamos 5 dias lá e escolhemos alguns pontos para visitar que deixaremos listados abaixo, além das caminhadas meio sem rumo pela cidade como gostamos sempre de fazer. Como era época de Natal e a Alemanha é conhecida por ser muito decorada nesta época, estava tudo muito lindo, entretanto alguns pontos estavam obstruídos devido as feiras de natal. Foi uma ótima experiência nesta cidade, a qual encanta pela história em contraste toda a modernidade alemã.

Confira aqui nosso vídeo para já começar a ficar ansioso para conhecer essa cidade fantástica:

Para quem curte organizar um roteiro antes de chegar na cidade, dê uma olhadinha nos locais aqui pelo mapa, e já conheça um pouquinho da história e informações necessáriass (horários e preços):

Memorial do Holocaustro 

Este é um local dedicado aos seis milhões de judeus mortos durante o regime nazista nas décadas de 1930 e 1940. São 3.000 blocos de concreto de diversos tamanhos que se entendem por uma área de 19.000 metros quadrados. Esta área antes, fazia parte da “faixa da morte” quando o muro de Berlim existia. O projeto e a idéia do memorial foi do arquiteto americano Peter Eisenman, concluída em 2004. Além dos blocos de diversas alturas, o terreno também possui irregularidades, entre declives e ondulações. E de fato esta foi a intenção do arquiteto, que no texto do projeto descreveu que os blocos foram desenhados “para produzir uma atmosfera confusa e intranquila, e toda a escultura visa representar um sistema supostamente ordenado, que perdeu o contato com a razão humana”.

A visita ao memorial é gratuita e pública e os caminhos entre os blocos de concreto podem ser acessados por diversos lados, mas não é possível subir neles.

caminhando entre o memorial do holocausto em berlimmemorial do holocausto em berlim

Großer Tiergarten

Este é pulmão verde de Berlin, com 210 hectares, ele se localiza em frente ao Branderburg Gate e o Palácio do Reichstag. O Tiergarten também sofreu muitos danos na Segunda Guerra Mundial devido as bombas. Logo após a guerra continuou sendo devastado, pois devido à falta de carvão, usado nos aquecedores, os berlinenses cortaram as árvores do local para poderem aquecer suas casas com a madeira. A melhor opção para conhecê-lo é de bicicleta, mas também é ótimos seguir os caminhos a pé mesmo. Fomos no inverno e estava muito frio, mas aproveitamos as típicas paisagens do inverno Alemão.

parque Tiergarten em berlim com as folhas do inverno

Memorial de Guerra Soviético

O Memorial de Guerra Soviético foi construído pela União Soviética em 1945, poucos meses após a derrota da Alemanha, para homenagear os cerca de 80.000 soldados do Exército Vermelho mortos durante a Segunda Guerra Mundial. Dizem que também é um cemitério, com 5 mil soldados enterrados. É um memorial grandioso que acaba atraindo muitos turistas que passam pela região do parque Tiergarten.

Memorial de Guerra Soviético em berlimcanhão do memorial de Guerra Soviético

Braderburg Gate

O Portão de Brandemburgo tem 26 metros de altura, 65,5 metros de comprimento e é um monumento militar que veio simbolizar a paz e a reunificação da Alemanha Oriental e Ocidental. Apesar de ter sido fortemente danificado na Segunda Guerra Mundial, o Portão resistiu ao teste do tempo. Se localiza em frente ao parque Tiergarten.

Braderburg Gate em berlinBraderburg gate berlin

Checkpoint Charlie

O Checkpoint Charlie era um posto militar na fronteira entre Berlim Ocidental e Oriental durante a Guerra. Esse nome significa nada mais do que Posto (ou ponto) de Fronteira (ou de checagem) C. Charlie é uma representação da letra C no alfabeto militar da OTAN. “A” significava alpha, “B” bravo e “C” Charlie! Com a queda do Muro de Berlim em 9 de novembro de 1989, o Check Point Charlie foi aberto para quem quisesse passar de um lado para o outro e em junho de 1990 foi totalmente removido. Hoje, no lugar em que existiu o Check Point Charlie, foi colocada uma réplica da primeira cabine e dois homens uniformizados ficam no local para tirar fotos com os turistas (3 euros por pessoa).

posto militar checkpoint charlie

Topografia do Terror e Memorial do Muro de Berlin

Esta foi uma visita que nos surpreendeu. São duas atrações gratuitas, essenciais para visitar em Berlin. A Topografia do Terror fica exatamente em cima do que restou da policia secreta nazista (Gestapo) e a central de segurança, incluindo as celas para presos. Ali, se encontra um dos trechos mais longos do muro original de Berlin, em que é possível até espiar entre frestas, como faziam os moradores da época, para tentar ver algo do outro lado. A Topografia do Terror é um local super interessante para se conhecer e que documenta e mostra os horrores praticados pelos nazistas. Dentro do “museu” podemos ver fotos, relatos e até mesmo audios originais da época. Diferente de outros lugares que relatam a partir das vítimas, aqui conhecemos os fatos a partir dos opressores.

Horário: Diariamente das 10:00 às 20:00.

Topografia do Terror e Memorial do Muro de Berlinmemorial do Muro de Berlin

Memorial do Muro de Berlim – Gedenkstätte Berliner Mauer

Para quem gosta da história também vale a pena visitar este memorial, um museu a céu aberto, mostrando pedaços do muro e as pessoas que foram mortas ao tentar fugir para o lado ocidental. A rua foi palco de fugas desesperadas e dramáticas. Quando o muro foi erquido,  as pessoas se viram da noite para o dia bloqueadas e separadas de seus amigos e parentes.

A visita ao memorial é gratuita e pública.

 Gedenkstätte Berliner Mauer em berlin

Palácio do Reichstag

Este é o Palácio do Parlamento de Berlin, muitos dos eventos históricos importantes da história alemã aconteceram dentro desta obra. Uma das atrações mais visitadas devido a sua maravilhosa arquitetura. Devido ao fato de ser possível visitar a cúpula, essa é uma dos locais  mais visitados da capital. A cúpula e o terraço do Reichtag podem ser visitados gratuitamente, entretanto é necessário fazer um agendamento em um container nas imediações do Reichstag (ao lado de uma loja de souvenir). Lá há um monitor que mostra em quais horários até os próximos 2 dias ainda há disponibilidade. Este local de agendamento é aberto diariamente das 8:00 às 18:00 (de 1o de novembro a 31 de março) e das 8:00 às 20:00 (de 1o. de abril a 31 de outubro).

Horário: A cúpula e o terraço são abertos a visitação todos os dias da semana das 8 :00 à 00:00, sendo que o último horário para entrar é as 22 horas.

em frente ao Palácio do ReichstagPalácio do Reichstag em berlim

Kaiser Wilhelm Memorial Church

A Igreja é um memorial da guerra. Enquanto muitas coisas na cidade foram reconstruídas após os bombardeios, ela foi mantida semi-destruída em meio as contruções novas e modernas.

o que conhecer em berlin Kaiser Wilhelm Memorial ChurchKaiser Wilhelm Memorial Church

Potsdamer Platz

Assim como a maior parte do centro de Berlin, a Potsdamer Platz foi severamente bombardeada durante a Segunda Guerra, tendo metade dos seus prédios e construções destruídos. Com a construção do muro em 1961 a Potsdamer Platz foi dividida em duas, e  todos os prédios que ainda existiam foram demolidos, tornando a praça um local vazio. Do lado oriental era fortemente vigiada pelos soldados da Alemanha Oriental para evitar fugas. Com a queda do muro, a praça começou a atrair diversos investimentos e com isto foi se transformando em um novo e moderno local. Lá também ainda existem algumas partes do Muro de Berlin.

praça Potsdamer Platz

Bebelplatz

Nesta praça fica a biblioteca da Universidade Humboldt, onde estudaram Karl Marx, Albert Einstein e alguns outros gênios. A praça é conhecida devido aos acontecimentos ocorridos na noite de 10 de maio de 1933, na qual foram queimados milhares de livros de alguns autores censurados pelos nazistas. A Bebelplatz está rodeada de magníficos edifícios, além da Igreja católica Romana mais antiga da cidade.

Bebelplatz em berlimpraça bebelplatz em berlim

Alexanderplatz

Como fomos em época de Natal, esta praça estava muito movimentada e lindíssima devido a decoração, com diversas atrações e feirinhas, como em toda a cidade. A praça é um dos principais pontos do transporte público e também se tornou um importante ponto comercial. É nela que está localizada a  Torre de TV que com seus 368 metros de altura, uma das construções mais altas da Europa.

a famosa Alexanderplatz em berlim

Berliner Dom (Catedral de Berlin)

O local que achamos mais fantástico em Berlim, a vista externa da catedral é simplesmente sensacional. Com  116 metros de altura, construída entre 1894 e 1905, a catedral destaca-se na paisagem, deixando as pessoas pequenas diante dela. A Berliner Dom pode ser visitada, porém, infelizmente, não entramos devido ao valor (7 euros).

Horários: Segunda a sábado, das 09:00 às 20:00 e aos domingos e feriados, das 12:00 às 20:00. Nos meses de outubro a março, o horário de fechamento é às 19:00.

 

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Museu de arte (Altes Museum)

É o mais antigo museu de Berlin, dentre diversos presentes na cidade. Não chegamos a entrar (10 euros), mas por fora ele tem uma arquitetura belíssima com suas 18 colunas. Originalmente este museu foi construído para abrigar todas as coleções de arte de Berlin, mas atualmente expõe parte da Coleção de Antiguidades Clássicas gregas, romanas e etruscas.

Horários: De terça a domingo das 10:00 às 18:00 horas. Nas quintas-feiras, o museu fica aberto até às 20:00.

o mais antigo museu de arte em berlim

East Side Gallery

Este é como é conhecido o nome do Muro de Berlin que foi transformado em arte, com mais de mil metros. Os grafites e pinturas que se fazem presentes,  foram uma iniciativa espontânea de vários artistas do mundo inteiro que vieram pintar suas mensagem e sua visão do mundo na época em que o muro caia.  É aqui também que temos o grafite muito famoso do “Beijo Comunista”, de dois homens se beijando.

East Side Gallery em berlin

Palácio de Charlottenburg

Fomos também dar uma conferida no maior palácio da cidade! Ele é um antigo palácio que pertencia ao Reino da Prússia,  servindo como residência de verão da primeira rainha. Atualmente o palácio pertence à Fundação dos Palácios e Jardins Prussianos de Berlin-Brandemburgo, servindo como museu. Não visitamos a parte interna, mas durante a visita se percorrem os diferentes cômodos do palácio enquanto o áudio guia narra as histórias ocorridas. Embora em algumas das salas se conservem os móveis e a decoração original, o segundo andar não teve muita sorte durante os bombardeios e muita da decoração não permaneceu. A parte externa, onde também possui um gigante jardim (que no inverno também tem sua beleza).

Horários: De abril a outubro: De terça a domingo, das 10:00 às 18:00 horas.
De novembro a março: De terça a domingo, das 10:00 às 17:00 horas.
Segunda: fechado.

Valores:
Palácio antigo
Adultos: 12€
Estudantes: 8€
Ala nova
Adultos: 8€
Estudantes: 6€
Belvedere
Adultos: 3€
Estudantes: 2,50€
Tudo incluído
Adultos: 14€
Estudantes: 10€

maior palácio da cidade Palácio de CharlottenburgPalácio de Charlottenburg

Esperamos que gostem!

Para acompanhar nossas aventuras, se inscrevam lá no canal do YouTube e no Instagram.  

Qualquer dúvida ou dica deixe aqui nos comentários!

 

5 comentários

  1. lili disse:

    ficaram em airbnb?

  2. Pa disse:

    Egypt wow!! I want see more!! More stores please!

  3. […] (cerca de 18 hectares) e muito bem estruturado. Tivemos a oportunidade de visitar também o de Berlin, então ficou ainda mais interessante a visita, já que tivemos as duas concepções sobre este […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *