info@mundosemmuros.com

Templo de Abu Simbel – Egito

interior do templo de abu simbel abu simbel sun festival

O templo de Abu Simbel localiza-se no sul Egito, próximo à fronteira com o Sudão. O local é formado pelos templos de Ramsés II e Nefertari (mulher preferida do faraó). Estes foram descobertos em 1813 pelo arqueólogo Johann Ludwig Burckhardt, após terem sido escondidos sob a areia durante mais de 2000 anos.

Depois da nossa estadia em Aswan, partimos a meia noite com uma van compartilhada  (já incluso no valor total que pagamos em Aswan) para o templo. A viagem durou cerca de 4 horas, ou seja, dormimos apenas alguns minutos na van (mas muito mal). A distância fez com que a viagem seja longa e cansativa, mas não menos especial, pois o lugar é apaixonante

O guia que fez nosso planejamento em Aswan nos deu a dica para irmos neste dia, em razão de que somente durante duas vezes ao ano ocorre esse festival, chamado de Abu Simbel Sun Festival. Os primeiros raios do amanhecer conseguem adentrar toda a extensão do templo e iluminar o local. A luz também reflete as estátuas sentadas de Ramsés II, Amon e Ra,  enquanto o rosto de Ptah (o deus da escuridão) fica em meio a  sombra. Demos muita sorte de estarmos lá bem nesta data ❤️.

Ramsés II construiu o tempo de modo que duas vezes ao ano os raios adentrem o local, 21 de outubro, o seu aniversário, e 21 de fevereiro, que é o dia de sua ascensão ao trono. Entretando, para evitar de o templo ser submerso no lago Nasser, após a construção da barragem, em 1963, ele foi totalmente cortado em blocos e deslocados cerca de 200 metros de distância e 65 metros mais alto do local original. Sendo assim, as datas tiveram de ser modificadas para um dia a mais das originais (22 de fevereiro e 22 de outubro).

O projeto, concluído em 1968, custou cerca de 41 milhões de EUROS!!! O Egito teve a ajuda de peritos e engenheiros de mais de 22 países e como agradecimento pela ajuda com as obras do translado de Abu Simbel, o Egito ofereceu a Nova York e a Madrid os templos de Dendur e Debod, respetivamente. O templo de Debod também tivemos a oportunidade de conhecer em Madrid (um dos melhores lugares para ver o pôr do sol na capital espanhola).

A vista do Templo de Abu Simbel é maravilhosa e atrai turistas de todos os locais. Enquanto o sol nascia, tivemos a oportunidade (devido ao festival) de assistir diversos grupos de danças e música locais, criando um clima totalmente diferenciado. Simplesmente mágico!

Confira nosso vídeo e algumas fotos de Abu Simbel:

em frente do templo abu simbel egito

nascer do sol templo de abu simbel sun festival

Nascer do sol no lago em frente para o templo

esculturas no templo de abu simbel egito

multidão de pessoas esperando a fila templo abu simbel

Multidão de pessoas esperando na fila para entrar no templo

interior do templo de abu simbel no abu simbel festival, egitohieróglifos no interior do templo de abu simbel egitomenina sentada no interior do templo de abu simbel no egito

dança típica no abu simbel sun festival no templo de abu simbel

Esperamos que gostem!

Para acompanhar nossas aventuras, se inscrevam lá no canal do YouTube e no Instagram.  

Qualquer dúvida ou dica deixe aqui nos comentários!

 

6 comentários

  1. […] Aswan fica a 870km de Cairo. Lá é onde fica situada a primeira grande civilização negra da história e uma das mais antigas do mundo. É uma bela cidade, de paisagens lindas, sem a poluição do Nilo, que pode ser vista mais ao norte. Aswan tem perto de 250mil habitantes e é o ponto de início para todos aqueles que querem visitar o templo de Abu Simbel. […]

  2. […] em Baharya Oasis fazendo Workaway, fomos conhecer o restante do Egito. Passamos por Cairo, Aswan, Abu Simbel, Luxor e Sharm El Sheikh. Neste post vamos falar especialmente sobre a incrível cidade de Luxor, […]

  3. […] em Baharya Oasis fazendo Workaway, fomos conhecer o restante do Egito. Passamos por Cairo, Aswan, Abu Simbel, Luxor e Sharm El Sheikh. Neste post vamos falar especialmente sobre a incrível cidade de Luxor, […]

  4. […] nossa estadia em Aswan, passando por Abu Simbel e posteriormente em Luxor, foi a vez de voltarmos para Cairo, para aproveitar um dia inteiro […]

  5. […] Bahariya Oasis partimos para conhecer Aswan, Abu Simbel, Luxor, Cairo e Sharm El Sheikh. Não fizemos post especial sobre Sharm, mas ficamos na casa de um […]

  6. Dieter disse:

    I spent a lot of time to locate something like this

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *